• App TRAFI terá atualização exclusiva para as Olimpíadas

    Ferramenta ganhará novo menu onde usuários poderão buscar por jogos e escolherem a melhor rota de ônibus para chegar até eles

    O aplicativo TRAFI, que dá suporte ao transporte público, foi eleito o melhor na categoria “Planejamento de Viagens” para ser usado durante os jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro no concurso “Olympic City Transport Challenge”, que teve apoio da Prefeitura do Rio.

    Ao se tornar uma espécie de aplicativo oficial das Olimpíadas,  o TRAFI terá como meta garantir que não haja caos viário durante o evento, uma vez que estão programadas mudanças de rotas de ônibus por conta dos jogos em diferentes lugares da cidade.

    Desenvolvido na Lituânia, o aplicativo conta atualmente com aproximadamente 1 milhão de usuários e foi lançado no Brasil no ano passado.

    A ferramenta também ficou conhecida por ser o aplicativo de transporte público mais preciso do mundo, além de oferecer a mesma assertividade sem conexão de dados. De acordo com a startup responsável pelo app, “isso se dá devido ao sistema de algoritmos que atualiza os dados de geolocalização levando em consideração informações de trânsito”. O app também conta com um avançado sistema de machine learning, que de acordo com a empresa vai se modificando conforme o histórico do passageiro, relatórios de usuários e frequência de atrasos dos ônibus.

    “Enquanto as Olimpíadas estiverem acontecendo haverá mudanças nas linhas, talvez haja alguns ônibus extras aqui e ali, com horários e algumas informações que devem mudar. Nós temos que ter certeza de que poderemos comunicar essas mudanças para os usuários”, explicou Pascal De Mul, VP da startup, em entrevista ao IDG Now!

    Por meio da plataforma – de uso gratuito -, o usuário acompanha em tempo real a localização do ônibus no mapa e consegue planejar rotas de deslocamento da cidade mesmo sem internet.

    Durante o período das Olimpíadas e Paraolimpíadas, o TRAFI colocará em prática um novo menu, pelo qual os usuários poderão buscar os jogos que lhe interessarem e escolherem a melhor rota do ônibus para chegar até eles. Além dos ônibus, o app fornece informações sobre metrôs, trens, balsas, bondes e até para o teleférico do Rio de Janeiro.

    Mercado brasileiro

    Em funcionamento nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro e em versão beta em Belo Horizonte, o Brasil se prepara para se tornar um dos principais mercados do aplicativo, prevê Pascal De Mul. O País foi o primeiro da América Latina a receber o lançamento da ferramenta.

    “O Brasil é interessante por que nós focamos em mercados emergentes, em lugares onde podemos oferecer mais valor. Somos bons em organizar o transporte público de uma forma previsível, e se você olhar para a Europa Oriental e os Estados Unidos a previsibilidade e a organização do transporte público tem um nível bom. Mas em países como o Brasil, Índia, Indonésia, onde há desafios no transporte público, acreditamos que podemos realmente ajudar na organização dele”, avalia o executivo.

    Apesar de não compartilhar números, o executivo indica que a base de usuários do app no Brasil dobrou desde o início deste ano.