• Desafio Impacto Social do Google reconhece ONGs brasileiras

    Companhia apresentou os dez finalistas do concurso que apoia instituições que usam a tecnologia para gerar impacto social

    O Google Brasil anunciou nesta terça-feira (14/06) os vencedores do Desafio Impacto Social, iniciativa promovida pela divisão de filantropia da companhia, o Google.org. O programa global apoia organizações sem fins lucrativos que usam a tecnologia em prol da sociedade com prêmios em dinheiro e mentorias para empreendedores.

    Em sua segunda edição no Brasil, o Google selecionou dez projetos – sendo dois por cada região – de um total de 1052 inscritos. No final de maio, a companhia divulgou a lista de dez finalistas que receberiam R$ 650 mil para serem investidos em suas criações. Hoje, em evento realizado no escritório do Google, em São Paulo, a empresa elegeu quatro projetos para receberem o valor máximo de R$ 1,5 milhão, além de divulgaram o nome da ONG eleita pelo júri popular na Internet, eleita a “favorita dos fãs” com cerca de 200 mil votos.

    Os cinco contemplados com o maior prêmio foram selecionados por um júri composto entre artistas e executivos, incluindo a diretora do Google.org, Jacqueline Fuller, a atriz Regina Cazé, a artista plástica Adriana Varejão e o diretor da Fundação Lemann, Denis Mizne.

    “A melhor inovação acontece localmente. Sabemos que as melhores pessoas para endereçarem problemas são aquelas que vivem eles, são elas que proporcionarão as mudanças”, argumentou Jacqueline Fuller.

    Segundo a executiva, a edição brasileira do desafio é a que mais recebeu votos da internet em comparação com todas as edições no mundo inteiro.

    A seguir, conheça os cinco projetos que receberão o valor de R$ 1,5 milhão do Desafio Impacto Social:

    ITS-Rio (região Sudeste): O Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio propõe a criação de um aplicativo que possa se tornar o “título eleitoral” dos tempos digitais. No caso, uma plataforma onde cidadãos brasileiros possam propor projetos de lei e coletar assinaturas digitais certificadas, conforme previsto pela Constituição.

    A ferramenta, explica Ronaldo Lemos do ITS-Rio, usará tecnologia blockchain (a mesma que viabiliza a moeda virtual bitcoin) para certificação das assinaturas. “O blockchain é uma espécie de certificação digital online aberta que cria o que a gente chama de consenso na Web, ela permite registrar como se fosse um cartório virtual a assinatura do usuário. Isso é muito mais seguro do que uma assinatura em papel”, defendeu.

    Arredondar (região Sudeste): proposto pelo Instituto Arredondar de São Paulo, a solução tem como objetivo transformar toda compra em uma oportunidade de doação para ONGs no Brasil. Segundo Nina Valentini, diretora da ONG, com o prêmio a entidade contratará uma equipe de tecnologia dedicada a criar uma solução que viabilize doações feitas a partir de compras no e-commerce e em máquinas de cartão de débito e crédito.

    Vetor Brasil (região Centro Oeste): o portal visa conectar jovens talentos a cargos públicos de alto impacto. Segundo uma das criadoras da ferramenta, Joice Toyota, o Vetor Brasil foi lançado há dois anos e já tem presença em 11 estados brasileiros.
     
    IPAM Amazônia (região Norte): a ONG desenvolverá um aplicativo para alertar os povos indígenas sobre alterações climáticas, ao mesmo tempo coletará os dados fornecidos por eles. A proposta é que a informação possa gerar ações preventivas para as aldeias se adaptarem às mudanças do clima.
     
    Transparência Brasil (região Nordeste): Escolhido pelo voto popular, a ONG propõe a criação do aplicativo “Cadê Minha escola”, que permitirá que cidadãos possam monitorar a construção de creches e escolas com fotos e relatórios e verificar o status dos projetos. O objetivo é aumentar, em quatro anos, a quantidade de obras entregues no prazo e reduzir em 30% o tempo médio de atraso.
    Segundo o Google, todas as dez organizações receberão assistência técnica da companhia, assim como mentoria da ponteAponte, empresa social especializada no desenvolvimento de projetos.